TAPIOCA: de patrimônio cultural à queridinha do Brasil!

A+ A- Assine a Newsletter Facebook Twitter

Inscreva-se no Canal NUTRItodos

A tapioca vem da palavra tipi´óka, que em tupi guarani, significa coágulo. A utilização da mandioca, um hábito indígena, era a base da alimentação do Brasil até a invasão e a colonização portuguesa. Os portugueses viram que em Pernambuco a tapioca substituía o pão. Em Olinda se consumia o beiju, a farinha e a tapioca (goma) extraída da mandioca desde o século XVI, com a criação portuguesa da Casa da Farinha, em Itamaracá. O Conselho de Preservação do Sítio Histórico de Olinda concedeu à Tapioca o título de Patrimônio Imaterial e Cultural da cidade em 2006. Seus recheios tradicionais de manteiga e∕ou coco fresco ralado e∕ou queijo de coalho, vem sendo substituídos por outros tipos, tais como:

  • Leite condensado;
  • Goiabada com queijo;
  • Banana;
  • Morango;
  • Chocolate;
  • Mel;
  • Cottage ou queijo branco ou
  • Atum desfiado ou peito de peru ou frango desfiado.

Já virou o hábito de muitas pessoas no Brasil no café da manhã ou lanche da tarde, como fonte de energia. Cada 2 colheres de sopa (24 gramas) da massa da tapioca tem, em média, 55 calorias. Mais calorias serão agregadas de acordo com o tipo e a quantidade do recheio escolhido.

Uma opção interessante para as crianças ingerirem cenoura ou beterraba é utilizar o suco desses legumes para hidratar a goma seca da tapioca, que além de ficar colorida, agregará maior valor nutricional.

Vamos, então, continuar nos rendendo ao paladar da tapioca!

Obs.: Adriana Lúcia Van-Erven Ávila é Nutricionista (CRN 3 – 2816) e colabora da Rede NUTRItodos. Todas as informações acima são para ajudá-los a terem uma maior consciência sobre alimentação saudável, e não substituem a orientação de seu nutricionista!

Mais Reportagens de Adriana

Café e Canela ajudam o Diabético

A melhor Lista de Compras

O que é trombose e como prevenir!

0
Como você avalia este conteúdo?
VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votos)
Avaliação deste conteúdo:

Deixe seu comentário