VEJA estimula consumo do Chocolate

A+ A- Assine a Newsletter Facebook Twitter

Inscreva-se no Canal NUTRItodos

A revista Veja desta semana infelizmente, não tocou em pontos fundamentais sobre a pesquisa sobre o chocolate na Suécia. Na reportagem de capa desta semana: “Chocolate pode Comer sem Culpa!” Sugere que a Ciência afirma “o chocolate pode manter o peso, previne doenças cardiovasculares, combate o câncer, combate o diabetes, faz bem ao cérebro, protege e pele e ajuda a manter o peso.” São tantos benefícios que parece até milagre.

Por incrível que pareça, esta importante revista VEJA, nem citou o nome da pesquisadora (Susana C. Larsson) e omitiu o nome da revista em que foi publicada (Neurology September 18, 2012 79:1223-1229 – Chocolate consumption and risk of stroke: A prospective cohort of men and meta-analysis). Será que esqueceram ou ficaram com medo de descobrirmos a verdade?

Além desta pesquisa referir-se exclusivamente aos homens, a VEJA destacou que a pesquisa também avaliou mulheres. Como pôde se na conclusão do artigo científico não aborda nada sobre mulheres? Outro detalhe importante importante sobre a descoberta da pesquisa foi: Homens que comeram 62g de chocolate por semana (equivale a 2 bombons) tiveram menor incidência de Acidente Vascular Cerebral. O artigo científico toma muito CUIDADO em afirmar que, talvez o composto responsável por isso sejam os Flavonóides. A revista VEJA por sua vez amplia o poder dos Flavonóides e diz que ele é o “Salvador da PÁTRIA”. Como pode se nem a pesquisa afirma categoricamente isto? Não que flavonóide seja ruim, mas o artigo científico recomenda que são necessárias mais pesquisas para esta conclusão de beníficios para saúde. Acho que a Revista Veja estava sem notícia, pois este artigo foi publicado em setembro de 2012, e só agora ela deu “bola” para ele.

O artigo científico foi bem claro em afirmar sobre ter cuidado com os chocolates, pois são ricos em açúcar e gordura. Por sinal, de acordo com pesquisa de consumo alimentar do IBGE os brasileiros consomem mais chocolates ao leite (baixa concentração de flavonóides), os quais, são ricos em açúcar e gordura.

Quer ajudar seu coração, sistema cardiovascular e de “quebra” seu intestino, consuma três porções de frutas diferentes todos os dias. As mesmas tem antioxidantes naturais e ajudam pessoas atingirem a saciedade e manterem peso saudável, quando associadas a uma alimentação saudável. Para saber quanto é uma porção de fruta, clique aqui e bom apetite.
Obs.: CHOCOLATE NÃO ENGORDA, engorda é quem COME!!!

Fonte:

BBC

Neurology

IBGE (POF 2008/2009)

Guia Alimentar para População Brasileira

0
Como você avalia este conteúdo?
VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 5.0/5 (8 votos)
Avaliação deste conteúdo:
VEJA estimula consumo do Chocolate, 5.0 out of 5 based on 8 ratings

Um comentário para “VEJA estimula consumo do Chocolate”

  1. Daniela Tavares disse:

    Olá,
    como é bom ler alguma opinião sensata a respeito dessa matéria. A maioria das pessoas está feliz, que agora pode “comer sem culpa”. Sou estudante de Nutrição e meu trabalho de conclusão de curso é justamente uma avaliação do teor de compostos fenólicos dos chocolates amargos encontrados no Brasil. Eles tem tanto açúcar na composição que a análise ficou superestimada, ou seja, podem aparentar serem ricos em compostos fenólicos, quando, na realidade, são ricos em açúcar. Além disso, possuem cerca de 40% de lipídeos. Ao invés de aproveitarmos a riqueza de vegetais aqui do Brasil, que são MESMO ricos em flavonóides, as pessoas procuram no chocolate! Vai entender.
    Abraços

Deixe seu comentário