Novo Mc Lanche Feliz: Mudanças insignificantes para uma vida melhor!

A+ A- Assine a Newsletter Facebook Twitter

Siga-me no Twitter

A nova peça publicitária do novo Mc Lanche Feliz, relata “simples mudanças podem deixar tudo ainda melhor”. Mas será que o lanche melhorou? Será que a quantidade de sódio e outros nutrientes está dentro do recomendado?
Nessa análise nutricional utilizou-se a recomendação da (ANVISA) para rotulagem dos Lanches Infantis e também considerou que este Lanche substituiria uma refeição almoço ou jantar. Lembrando que tal sugestão não é indicada a ser feita seja por adultos ou crianças. Os valores de nutrientes a ser ingeridos dos Lanche Infantis no lugar do almoço ou jantar, deveriam representar 33% da quantidade diária recomendada pela ANVISA. Dessa forma, os valores encontrados deverão ser próximo de 33% por refeição aceitando uma variação de 10%.

Para se ter idéia, verificando o consumo de sódio para crianças de 7 a 10 anos e consumo do Mc Lanche Feliz: Nuggets (4 unidades), Néctar (Del Valle – 300 ml), Fritas (1 porção) e Fruta (maça). A quantidade de sódio desse Lanche é de 507mg. A quantidade recomendada por dia para crianças de 7 a 10 anos é 400mg, e sendo o valor recomendando por refeição de 33%, encontramos 132mg. Assim, este Lanche possui 384% mais sódio do que uma criança deveria ingerir por refeição. Sendo que está porcentagem variou nos Lanches Infantis de 384% a 1002% do valor recomendado.

Em relação a quantidade de sódio para crianças de 1 a 10 anos os valores de sódio estiveram acima do recomendado também, para o dia inteiro, comendo apenas um desses Lanches Infantis.

Já a quantidade de gorduras no Mc Lanche Feliz: Cheese Burguer (1 unidade), Néctar (Del Valle – 300 ml), Fritas (1 porção) e Fruta (maça) possui excesso de gordura para crianças de 1 a 10 anos. Frisando que mesmo a quantidade de gordura total de 7 a 10 anos estar dentro do recomendado (92%), percebe-se em todas as idades, excesso de gordura saturada variando de 116% a 201% por lanche, do valor recomendado.

Em relação ao consumo de açúcar a recomendação é de 10% do valor calórico total (VCT) de acordo com o Guia Alimentar para População Brasileira. Sendo que todos os lanches tem 29g de açúcar presentes no Néctar de frutas (300ml). Deve-se considerar que por refeição não dever-se-ia ultrapassar 33% do valor de 10% (VCT) por idade, ou seja, para todos os Lanches Infantis houve um consumo de 201% a 335% do valor recomendado.

Ressaltamos que infelizmente, esta mudanças simples mostraram-se insignificantes para a adequação nutricional sugerida pela ANVISA. Já a tímida redução de 15% tanto de açúcar e sódio nos lanches, ainda deixa excesso de sódio para as idades de 1 a 10 anos, nos Lanches Infantis oferecidos.Acreditamos que uma empresa plenamente responsável deveria prestar mais atenção, antes de criar peças publicitárias que seus Lanches Infantis podem deixar tudo ainda melhor!
Obs.1: No site dessa empresa é colocado que os Lanches Infantis, Cheese Burguer e Hambúrguer não tem gordura, tal informação é falsa, como podemos verificar na própria rotulagem nutricional desses alimentos ( no site).

Obs.2: As informações sobre a composição do lanche foram extraídas do site do Mc Donald’s no dia 09/10/11! Em nenhum momento afirmamos que esta empresa não possui compromissos sérios com a sociedade, apenas frisamos que é necessário avançar muito para ter a identidade de saudável ou deixar tudo ainda melhor!

0
Como você avalia este conteúdo?
VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 5.0/5 (1 votos)
Avaliação deste conteúdo:
Novo Mc Lanche Feliz: Mudanças insignificantes para uma vida melhor!, 5.0 out of 5 based on 1 rating

9 comentários para “Novo Mc Lanche Feliz: Mudanças insignificantes para uma vida melhor!”

  1. Fabiana disse:

    Como sempre seus comentários são muito pertinentes, esclarecedores e nos provoca a também ser críticos e não acreditar piamente em propagandas que querem se promover as custas da falta de informação da população.

  2. Edgard Moreno disse:

    Como combater isso?
    Como exigir que o McDonalds e outros processadores de alimentos respeitarem as normas?
    Como deixar-nos de sermos impotentes e fazer com que o 2º setor seja ético e cumpram com suas obrigações em relação à previdência, ao princípio da segurança alimentar?
    Como fazer para o governo fiscalizar, fazer cunprir a lei e punir os detentores do mercado?

  3. Fabiana Caggiano Paes disse:

    Gostei muita da colocação a cima e concordo. Mas é tão difícil lutar contra esse monstro capitalista que é o MC’Donalds.
    Podemos fazer a nossa parte, não levando nossos entes, amigos, namorado, filhos, esposa(o) e tentado mostrar os dados verdadeiros para todos que conseguirmos pois quanto mais temos conhecimento sobre um assunto melhor defendemos suas questões.

  4. alexander disse:

    Olá Edgar acho que o primeiro passo seria conscientizar-nos de nosso poder de mutação. Eu desejo junto com a FRENTE pela Regulação da Publicidade de Alimentar, colocar regras para empresários. Acredito que possamos muito começando a divulgar informações como estas postadas no Blog, para pessoas do povo e formadores de opinião. Em seguida iremos nos mobilizar em praça pública etc etc.

  5. Fabrício Menegon disse:

    A propaganda é tão enganosa que eles reduziram a quantidade da porção de batatas fritas, criando a tal “Fritas Kids” que nada mais é do que uma versão reduzida (200 gramas) da porção servida anteriormente e, com base nisso, afirmam que a “nova porção de fritas” tem menos calorias. Acho que o MacDonald´s se inspirou no golpe do papel higiênico com 30 mtos. Lembram?

  6. Mariana Kowalski disse:

    Quando vi a propaganda comecei a rir de nervoso. Realmente o Mc’Donalds faz de tudo para as pessoas acreditarem que o seu lanche pode ser saudável, quando na verdade não é. E o pior é que “jogam sujo” utilizando crianças magrinhas e felizes nas suas propagandas, enquanto no mundo real, muitas crianças estão obesas e com uma série de problemas de saúde, devido a esses produtos multiprocessados, gorduros e com elevada quantidade de sódio.
    Vamos SIM nos mobilizar nas praças públicas, tenho certeza que muita gente participará!

  7. Mariane disse:

    Sou leiga no assunto, mas ouvi dizer que sal e acúçar em excesso servem para disfarçar o gosto e compensar a baixa qualidade do produto, não?
    Abç!

  8. Natália disse:

    Parabéns pelo texto, ótima argumentação. É a filosofia da dieta do palhaço, super size us…

  9. alexander disse:

    Olá Mariane, a questão do sal e açúcar no Brasil é cultural. Muitos pratos/alimentos utilizam sal ou açúcar em seus ingredientes. O empresário, não tem interesse de disfarçar o sal e açúcar pela baixa qualidade nutricional (nós acreditamos). O interesse deles é que seus produtos entrem no gosto popular, o que nós profissionais de saúde não aceitamos é que produzam mentiras para vender mais…

Deixe seu comentário