Opinião do Pediatra

A+ A- Assine a Newsletter Facebook Twitter

Siga-me no Twitter
Periodicamente iremos denunciar propagandas de TV ou rótulos de bebidas ou alimentos que desrespeitem você consumidor. Assim, você pode denunciar para este blog, toda e qualquer propaganda de TV (exclusivamente) do perfil citado acima, anonimamente. Inicialmente nosso Blog irá presentar você com a denúncia que fizemos contra a DANONINHO® (representação 236/07) na propaganda “Opinião do Pediatra”, a qual, colocava um médico pediatra, falando sobre este produto, com intuito de convencer as mães e crianças a comprá-lo. Nossa denúncia retirou do ar tal médico, mostrando que é possivel o consumidor ser respeitado!!!

Médicos e Nutricionistas segundo seus respectivos códigos de ética, e demais leis vigentes neste país, NÃO podem fazer tais propagandas na TV/mídias. Dessa forma, entramos com denúncia contra a empresa Danone®, por desrespeitarem o consumidor em primeiro lugar, e as regras deste país. Este tipo de atitude NÃO deve continuar, crianças são seduzidas, e a obesidade vem aumentando muito nos últimos anos. Hoje crianças com menos de 10 anos estão com excesso de peso e de “lambuja” diabetes melitus tipo 2.Para denunciar é fácil basta indicar o produto, canal, horário da propaganda, e por que você acha que esta propaganda desrespeita você ou seu filho. Tal denúncia pode ser anônima, e a mesma será colocada em “Conquistas”. Deixe seu comentário agora!

Fonte:

CONAR (Danoninho “Opinião do Pediatra”)

 

 

 

 

0
Como você avalia este conteúdo?
VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 5.0/5 (5 votos)
Avaliação deste conteúdo:
Opinião do Pediatra, 5.0 out of 5 based on 5 ratings

7 comentários para “Opinião do Pediatra”

  1. Walter Quinta Reis Júnior disse:

    Parabéns . Estou ao seu lado . Espero que em caso de vitória , não seja uma vitória de Pirro.
    O grande problema é lutar contra a grande mídia.

  2. Jean Santos disse:

    Olá,

    Conheci o sítio depois de assistir ao TVBRASIL deste domingo. Gostaria de dizer que os adultos estão seriamente interessados nestes assuntos.
    Se vossas vozes forem soadas para mais pessoas, não restará dúvidas de que vocês terão apoio enorme.
    Irei divulgar seus trabalhos. Acho que é o mínimo que posso fazer.
    Torço para que possam ter êxito.
    Boa sorte.

  3. alexander disse:

    Quero agradecer muito seu apoio Jean, saiba que vamos regulamentar a publicidade no Brasil, entretanto, precisamos muito de sua voz, para ecoar para forte por estes quatro cantos do Brasil.

  4. Iva Castro disse:

    Olá! Alexander já tem meu apoio, temos que nos unir…
    e denunciar mesmo.Sucesso!

  5. Gisele disse:

    Corcordo plenamete! Fico indignada qdo vejo uma coisa dessas! Não podemos ficar calados!

  6. Thais disse:

    Vocês deveriam deixar bem claro que as representações (denúncias) são feitas pelo CONAR, à partir da reclamação de qualquer consumidor, nutricionista ou não, sobre propagandas consideradas enganosas ou danosas. Aqui está parte do texto:

    “Entre as missões do Conar (Conselho Nacional de autorregulamentação publicitária), está, principalmente o atendimento a denúncias de consumidores, autoridades, associados ou formuladas pelos integrantes da própria diretoria.

    As denúncias são julgadas por um Conselho de Ética, que pode recomendar alteração ou suspender a veiculação do anúncio.”

    “Danoninho — Opinião do pediatra”

    Representação nº 236/07, em recurso ordinário
    Autor: Conar, a partir de queixa de consumidor
    Anunciante e agência: Danone e Young & Rubicam
    Relatores: Conselheiros Flavio Vormittag e Pedro Kassab
    Câmara Especial de Recursos
    Decisão: Alteração
    Fundamento: Artigos 1º, 3º, 4º, 23, 27, parágrafos 1º, 2º, e 50, letra “b” do Código

    A Danone, inconformada com a decisão de primeira instância, ofereceu recurso em representação que fora iniciada por queixa de consumidor. Segundo a denúncia, o comercial de TV da Danone utiliza o testemunhal de um médico pediatra para impingir o consumo do produto anunciado.

    Na visão da anunciante e sua agência, o médico não faz nenhuma menção ao produto, sendo seu depoimento de cunho exclusivamente educativo, com o propósito de lembrar às mães que seus filhos precisam de uma alimentação balanceada, sem descumprimento ao Código de Ética.

    O relator do recurso concordou com o parecer de primeira instância, que afirma que o espírito educativo alegado pela defesa está longe de ser o objetivo do comercial e manteve a recomendação pela alteração da peça, excluindo o depoimento do pediatra. Sua manifestação foi aceita por maioria de votos pelos membros do Conselho de Ética, sendo que a divergência se deu no sentido do agravamento da pena aplicada.

  7. alexander disse:

    Olá Thais agradeço sua atenção e manifestação no Blog NUTRItodos. Como o próprio site do CONAR afirma as denúncias ou queixas são feitas ao CONAR pelos (consumidores, concorrentes ou autoridades públicas). No caso do CONAR ser auto-denunciante, teríamos colocado que ele seria o representante da denúncia, o que não foi o caso, pois o próprio comentário seu demonstra que a denúncia (representação) nº 236/07 foi feita “a partir de queixa de consumidor”. (Vide no site Como funciona o Conar).

    Você poderá também verificar que o próprio CONAR utiliza a questão da autoria do denunciante, por exemplo, no item CONAR em Números (2011) ele coloca que 42,46% das denúncias foram feitas por consumidores. Por este motivos mantivemos que as denúncias foram feitas pelo Blog e não pelo CONAR.

    Grato pela atenção!
    Atenciosamente
    Alexander Marcellus

Deixe seu comentário