Propaganda do Presunto Sadia® engana o consumidor

A+ A- Assine a Newsletter Facebook Twitter

Entre na Rede NUTRItodos

Há algumas semanas apareceu na TV uma peça publicitária do presunto Sadia. Nesta, uma fatia de presunto tem menos de 15 calorias. Aí surgem dois atores comendo este presunto. Um dos atores comenta: uma fatia de presunto tem 15 cal. A atriz desconfia de ter 15cal, mas surge o próprio mascote da empresa na propaganda e confirma que isto é verdade. Ela se convence!

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, todo consumidor deve ser protegido de propagandas enganosas ou abusivas. O próprio “Código de Ética dos Publicitários” (Código Brasileiro de Autoregulamentação Publicitária) orienta em seus primeiros artigos que toda propaganda deve ser verdadeira, honesta e respeitar as leis vigentes do país. O próprio Código de Defesa do Consumidor também relata que: “toda informação deverá ser correta, clara, precisa e ostensiva…sobre suas características qualidade, quantidade….riscos que apresentam à saúde e segurança dos consumidores.

O site da Sadia afirma que 40g de presunto sem capa de gordura tem 37kcal, ou seja, mais que o dobro que da propaganda (15kcal). A peça publicitária deveria citar que existe no mercado um tipo de embalagem que apresenta 3 finas fatias (12,3g cada uma) e por isso às mesmas tem 15kcal. Em seguida, deveria ser especificado que apenas o presunto sem capa de gordura poderia apresentar esta característica. Em fatiadores de supermercos e padarias (eles mostram na propaganda) dificilmente conseguiríamos cortar fatias nessa pesagem, logo se fosse cortado uma fatia média (de acordo com a ANVISA) a mesma teria 40g e 37kcal, mas não 15kcal. Eles deveriam colocar de forma ostensiva na propaganda que apenas o presunto sem capa de gordura e apenas as fatias por eles vendidas teriam esta quantidade de caloria.

Entretanto, não vá se animando pois se você for hipertenso e tiver uma restrição de 2g de sal dia, cuidado. O cidadão que come 40g deste presunto no café da manhã (não recomendo) e 40g no lanche da tarde (não recomendo, de novo) ele não poderia mais comer sal durante o dia (almoço e jantar). Cada 40g de presunto sadia sem capa de gordura tem 1g de sal. Este é um alimento não saudável e deve ser evitado!

Obs.: Como de praxe escrevemos para a empresa, mas ainda não obtivemos resposta satisfatória a questão.

Obs1.: A ANVISA ainda está analisando nossa denúncia, mas relatou que não frisar na peça publicitária que este presunto é sem capa de gordura pode ser considerado uma propaganda enganosa!

0
Como você avalia este conteúdo?
VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 4.3/5 (4 votos)
Avaliação deste conteúdo:
Propaganda do Presunto Sadia® engana o consumidor, 4.3 out of 5 based on 4 ratings

4 comentários para “Propaganda do Presunto Sadia® engana o consumidor”

  1. Viviane disse:

    É isso aí, … na Sadia.

  2. William disse:

    Compro sómente o presunto da Sadia sem capa de gordura. Tenho certeza absoluta de as duas remessas que recebi em meu comércio, apesar de a embalagem dizer presunto sem capa de gordura, tenho quase que se trata de Apresuntado (sabor / cheiro caracteristico / textura, etc..). Será que veio errado (embalado) por engano? Ainda me resta 3 peças de um total 9. Como devo proceder daqui prá frente? Devo ser rassarcido da diferença de preço?

  3. alexander disse:

    Olá William,

    Agradeço o contato e confiança! Acho que sempre o melhor caminho se chama falar com o SAC da empresa. Mostrando sua dúvidas e insatisfações. Caso eles não te convençam e você acredite que aja uma ação irregular por parte deles, denuncie para PROCON ou a Vigilância Sanitária local. Mantenha-me informado!

  4. Grilo Marques disse:

    A propaganda de produtos alimentares, no Brasil, é sempre enganosa. E a Sadia sai na frente. O presunto de menos calorias, que ela gaba tanto, tem ainda mais sal do que o outro. É para compensar, no sabor, a redução de gordura? O consumidor leva a pior. As salsichas são um caso parecido. Excesso de sal generalizado. A da Perdigão é salmoura pura. O povo, coitado, adora isso, coisa “salgadinha”. E leva… Quem vai acreditar, também, no “Código de Ética dos publicitários”, com sua “autorregulamentação”. É só ver um pouco de televisão, para conferir essa ética. O que temos de fazer é isso: PROTESTAR, DENUNCIAR, APONTAR AS FERIDAS, COBRAR DO PODER PÚBLICO!

Deixe seu comentário