Você Sabe Ler Rótulos?

A+ A- Assine a Newsletter Facebook Twitter

Inscreva-se no Canal NUTRItodos

Muitas dúvidas surgem a respeito, mas é de grande importância compreender os rótulos, para uma melhor seleção dos alimentos industrializados.

Seus itens obrigatórios são:

Lista de Ingredientes: Possui todos os ingredientes presentes naquele alimento, em ordem decrescente, ou seja, o primeiro ingrediente é aquele que está presente em maior quantidade, e o último, em menor quantidade. Também é importante para identificar algum ingrediente restrito, como alguns corantes, açúcar, entre outros.

Origem, prazo de validade, conteúdo liquido, lote;

Rotulagem nutricional:  tem como objetivo prover informações que permitam ao consumidor a escolha de alimentos mais adequados a uma dieta saudável.

Os itens presentes na rotulagem nutricional, são:

Porção (em g ou mL) Trata-se da quantidade média recomendada para consumo para manter uma alimentação saudável. Cuidado, pois na maioria das vezes os valores nutricionais não correspondem ao alimento inteiro;

%VD : A sigla significa Valor Diário. Ela indica qual a quantidade de energia (calorias) e de nutrientes que o alimento apresenta em relação a uma dieta média de 2.000 kcal;

Calorias: Unidade de medida usada quilocalorias, os nutrientes que fornecem energia são os Carboidratos (4 kcal/g), Proteínas (4 kcal/g) e Gorduras (9kcal/g);

Carboidratos: Fonte de energia para o organismo, procure sempre os carboidratos complexos, como as fibras e evite os simples, como o açúcar;

Proteínas: Importante para a formação de células, enzimas e hormônios, podem ser de origem animal ou vegetal;

Gordura Trans: Trata-se de um tipo de nutriente originado na gordura vegetal, a gordura que era líquida e insaturada passa a ser sólida e saturada; trazendo riscos quando consumida em grandes quantidades. Tortas e bolos industrializados, pratos prontos congelados, sorvetes cremosos e margarinas incluem essa gordura em seus ingredientes;

Gordura Saturada: Relacionada com o aumento do colesterol ruim, favorecendo o aparecimento de doenças cardiovasculares;

Gorduras Totais : Além de serem altamente energéticos, esses compostos auxiliam no transporte das vitaminas lipossolúveis. Seu consumo deve ser moderado, já que o excesso provoca aumento de peso

Colesterol: Presente apenas nos produtos de origem animal. O colesterol é fundamental para o organismo, está envolvido na formação da membrana celular e da bile (usada na digestão de gorduras). Sua ingestão diária não deve ultrapassar 300mg;

Fibras: Há 2 tipos diferentes de fibras: a solúvel (ajuda na redução do colesterol) e a insolúvel (fundamental para o bom funcionamento do intestino);

Sódio: Importante para a regulação hídrica e o desempenho adequado do cérebro. Em excesso, ele provoca malefícios como retenção de líquidos e aumento de pressão arterial. Necessidades diárias: 2.400mg.

Agora você já sabe escolher qual o melhor alimento para você e sua família.

Obs.: Bárbara Ruiz é Nutricionista (CRN3 36304) e colaboradora da Rede NUTRItodos. Todas as informações acima são para ajudá-los a terem uma maior consciência sobre alimentação saudável, mas não substituem a orientação de seu nutricionista!

Mais reportagens de Bárbara Ruiz

Você conhece a fruta dragão

Quinoa Real: nome estranho mas rico em…

Experimento Tapioca com Chia

Excelente para intestino “preso” (Biomassa de Banana)

0
Como você avalia este conteúdo?
VN:F [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votos)
Avaliação deste conteúdo:

Deixe seu comentário